logo
carrinho blog

Quadro Clínico

No quadro clínico encontram-se eletroencefalograma (EEG) normal; exame neurológico normal; tomografia computadorizada encefálica (TCE) normal; possíveis atrasos ou alterações resistentes de fala, o que poderia atentar-se para a pré-dislexia (Caraciki, 1994); dificuldades de aprendizagem; acuidade visual normal; acuidade auditiva normal; alterações no Processamento Auditivo Central (PAC); PETSCAN alterado e ressonância nuclear magnética por imagem (RMI), com volumes cerebrais homogêneos e ausência de assimetria cerebral. Inteligência normal ou acima da média.

Fica claro que uma equipe multidisciplinar faz-se necessária para o diagnóstico da dislexia, que, é de exclusão, uma vez que a maioria dos exames clínicos convencionais apresentam resultados dentro da normalidade. Esta equipe dará a devida orientação e/ou continuidade ao tratamento a ser realizado