FONOAUDIOLOGIA ALIADA À PSICOPEDAGOGIA: ESTUDO DE CASO DE DISLEXIA

• Concluiu a especialização em 2004, na UNICEP (Universidade Central Paulista – São Carlos), embora já trabalhasse com orientações escolares e familiares há vários anos.

• Acredita que somente através do trabalho interdisciplinar é que alcançamos resultados, onde a parceria colabora consistentemente para resultados rápidos e eficazes.

• Sua monografia: “Fonoaudiologia aliada à Psicopedagogia – Estudo de caso de dislexia”, relata a experiência da autora no trabalho interdisciplinar, envolvendo uma das patologias mais trabalhosas para pais e professores.

• Sua vivência nesta área fez com que investisse muito para capacitar e informar pais e professores sobre a arte de educar crianças com patologias de aprendizagem.

Resumo da monografia:

Este trabalho mostra a parceria fecunda que pode haver entre o fonoaudiólogo e o psicopedagogo na incessante busca por prevenção e remediação dos distúrbios nos processos de ensino/aprendizagem. A autora faz um estudo de caso da patologia dislexia, de uma criança repetente, com pais educadores.

O trabalho descreve todo o processo de avaliação e intervenção psicopedagógicas, que acrescido às experiências fonoaudiológicas, necessárias à reabilitação das alterações de linguagem, mostra a trajetória de um atendimento clínico, incluindo as orientações familiares e escolares, fundamentais para a evolução do caso.
Os resultados evidenciam que a parceria sugerida trouxe maior eficiência e rapidez na reabilitação, com bases em sólida fundamentação teórica, colaborando na melhora da auto-estima da criança e seus familiares, favorecendo a recuperação e continuidade escolar. A metodologia adotada, Método das Boquinhas, de aplicação simples e prática, pode servir de estímulo aos profissionais que lidam com casos importantes de distúrbios de leitura e escrita.

Veja a Especialização completa:

renatajardini_TCC.pdf